João de Deus

Brasil MP oferece 13ª denúncia contra João de Deus por crimes sexuais

MP oferece 13ª denúncia contra João de Deus por crimes sexuais

Promotoria de Justiça de Goiás aponta estupro de vulnerável e violação sexual mediante fraude envolvendo 18 mulheres

  • Brasil | Do R7

O médium João de Deus

O médium João de Deus

Marcelo Camargo/Agência Brasil/Arquivo

O Ministério Público de Goiás ofereceu na terça-feira (15) a 13ª denúncia contra o médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, pela prática de estupro de vulnerável e violação sexual mediante fraude, envolvendo 18 mulheres.

Após seis dias na UTI, João de Deus recebe alta médica

Os promotores que assinam a denúncia, Ariane Patrícia Gonçalves e Luciano Miranda, explicam que, em relação a 11 vítimas, os crimes estão prescritos e, nesse caso, elas figuraram como testemunhas. As provas incluem ainda fotografias e documentos.

Os crimes teriam ocorrido entre 1999 e 2018. As vítimas são dos estados de Goiás, Pará, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Distrito Federal e Bahia.

O médium acumula 63 anos de prisão em três condenações diferentes: estupros contra cinco mulheres (40 anos em regime fechado), violação sexual mediante fraude contra duas mulheres e estupro de vulnerável contra outras duas (19 anos em regime fechado) e porte ilegal de armas (quatro anos em regime aberto). João de Deus nega as acusações.

Últimas