Brasil MP permite instalação de barreiras sanitárias em áreas indígenas

MP permite instalação de barreiras sanitárias em áreas indígenas

Medida provisória foi publicada nesta quinta-feira (1) no Diário Oficial da União e visa evitar contágio e disseminação da covid-19 

  • Brasil | Pietro Otsuka, do R7

Objetivo é evitar contágio e disseminação da covid-19

Objetivo é evitar contágio e disseminação da covid-19

RAIMUNDO PACCÓ/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO - 16/09/2020

O governo editou uma MP (medida provisória) que permite a instalação de barreiras sanitárias em áreas indígenas. De acordo com o texto, publicado nesta quinta-feira (1), no DOU (Diário Oficial da União), o objetivo é evitar o contágio e a disseminação da covid-19 entre a população local. 

Leia mais: Funcionário da Funai é morto por flechada de índio que iria proteger

No documento, fica definido que as barreiras sanitárias serão compostas por servidores públicos federais, prioritariamente, ou por militares. A finalidade é controlar o trânsito de pessoas e mercadorias que se dirijam a essas áreas. 

A Funai (Fundação Nacional do Índio) fica autorizada, de forma temporária, por realizar o pagamento das diárias dos servidores públicos e militares. A fundação também será responsável pelo planejamento e operacionalização das ações de controle das barreiras sanitárias. 

Assinaram o documento o presidente Jair Bolsonaro, os ministros Paulo Guedes, da Economia, e André Mendonça, da Justiça e Segurança Pública. Além de Augusto Heleno, chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional).

Últimas