Brasil MP processa MRV por falhas no programa Minha Casa Minha Vida

MP processa MRV por falhas no programa Minha Casa Minha Vida

Para os moradores do conjunto, o que era para ser um sonho se tornou um pesadelo: “O apartamento que me venderam é uma porcaria”

MP processa MRV por falhas no programa Minha Casa Minha Vida

Obras começaram há oito anos. São 11 prédios espalhados pela cidade

Obras começaram há oito anos. São 11 prédios espalhados pela cidade

Reprodução/Record TV

O MP-PR (Ministério Público do Paraná) está processando a construtora MRV por falhas graves na construção de 11 prédios do programa Minha Casa Minha Vida em Londrina. Uma ação pede a paralisação das obras da construtora e a interdição das unidades que já foram entregues por conta de riscos graves à segurança dos moradores.

As obras começaram há oito anos. São 11 prédios espalhados pela cidade paranaense, e o custo de cada apartamento bateu os R$ 140 mil. Para os moradores desse conjunto, o que era para ser um sonho se tornou um pesadelo. “O apartamento que me venderam é uma porcaria”, disse um dos condôminos.

Veja também: MRV aparece em mais de 50 mil ações na Justiça de São Paulo

A qualidade das habitações é tão baixa que o MPPR entrou no caso para devolver a esperança às milhares de pessoas que investiram seu dinheiro no projeto. Já são mais de 300 ações na Justiça do Paraná. Os técnicos do ministério fizeram vistorias nos prédios e encontraram irregularidades que vão do piso ao teto. São tantos problemas que o relatório possui centenas de páginas com falhas sobre a qualidade do material utilizado e do serviço executado nas obras.

O caso de Londrina não é o único em que a construtora MRV é acusada de lesar consumidores com a entrega de apartamentos, já que há denúncias e ações contra a companhia em todo o país.

Só em São Paulo o TJ (Tribunal de Justiça) registra mais de 40 mil ações envolvendo a construtora. No Estado, os processos são de várias naturezas: dano material, prática abusiva, vícios de construção estão entre as principais alegações.

A MRV foi uma das maiores beneficiadas do programa Minha Casa Minha Vida, e se tornou uma das principais construtoras do país. Enquanto entrega apartamentos de baixa qualidade, a construtora registra lucros milionários. No ano passado, a empresa teve lucro de R$ 690 milhões.