'Não mudou relatório da reforma da Previdência nem vai mudar nada', diz Arthur Maia

Segundo ele, qualquer mudança no texto será feita agora por meio de destaques

O relator da reforma da Previdência na Câmara, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), afirmou no início da noite desta terça-feira (25) que não fez nem pretende fazer nenhuma nova alteração no parecer sobre a proposta que apresentou na comissão especial, na última quarta-feira (19).

Segundo ele, qualquer mudança no texto será feita agora por meio de destaques que serão votados no colegiado e no plenário. "Não mudou o relatório nem vai mudar nada. O que for mudado a partir de agora é a partir de destaques", afirmou em entrevista após a sessão de discussão de seu relatório na comissão especial da Câmara.

Oliveira Maia avaliou ainda que a decisão do PSB de fechar questão contra a reforma prejudica a votação. "Óbvio que sim. Se você está precisando de 308 votos para aprovar, cada um que diz que não vota é um voto a menos", declarou o parlamentar baiano.

O relator disse ainda esperar que seu partido, o PPS, feche questão a favor da proposta. Ele lembrou que a legenda comanda hoje dois ministérios, o da Cultura e o da Defesa, além de ser a sigla do relator da reforma.

Leia mais notícias de Brasil