Novo Coronavírus

Brasil Nelson Teich defende combate mais eficiente e rápido à covid-19 no país

Nelson Teich defende combate mais eficiente e rápido à covid-19 no país

Ministro da Saúde participou de reunião com comissão da Câmara dos Deputados e citou proposta de fabricar 14.100 respiradores dentro do Brasil

  • Brasil | Giuliana Saringer, do R7

Teich participa de videoconferência com deputados

Teich participa de videoconferência com deputados

Marcello Casal Jr/Agência Brasil- 23.04.2020

O ministro da Saúde, Nelson Teich, afirmou, nesta quinta-feira (7), que espera conseguir aplicar um sistema mais rápido e eficiente de combate à covid-19 em todos os Estados brasileiros. 

"A gente espera que, com isso, a gente consiga passar por esse problema da covid de forma mais rápida, mais eficiente, e salvando o maior número de pessoas do país e que saia desse momento de uma forma mais eficiente de cuidar do sistema como um todo", disse Teich. 

Teich participou de uma reunião por videoconferência com a Comissão Externa de Ações contra o Coronavírus da Câmara dos Deputados. 

Durante a apresentação, Teich reforçou a importância de avaliar as diferenças sociais e locais e da troca de informações entre poderes e estados para criar políticas de combate. "A gente está atento a todas as possíveis diferenças que possam influenciar a evolução da doença e do cuidado", garantiu. 

O ministro disse ainda que existe uma proposta de produção de 14.100 respiradores nacionais. "Tivemos dificuldade de negociação de trazer respiradores de fora", lembrou o ministro.

Teich também falou sobre a necessidade de ampliar os horários de funcionamento de postos de saúde, afirmando que 969 unidades já funcionam desta maneira. Também foram cadastrados 900 mil profissionais e 100 mil estudantes da área de saúde para ajudar no combate à doença. 

“Estamos contratando cerca de 300 profssionais de saúde só para o Amazonas. Recrutamos 700 estudantes para atuar no SUS em todo o Brasil”, afirmou Teich.

Segundo o último balanço da pasta, o Brasil acumula 8.536 óbitos pela infecção provocada pelo novo coronavírus, com 125.218 casos confirmados.

Teich disse que ministério vai visitar todas os estados que estão com situações críticas em relação à doença. O ministro já foi a Manaus e afirmou que vai ao Rio de Janeiro nesta sexta-feira (8). 

Últimas