STF

Brasil 'Nenhum compatriota pode morrer por falta de ar', diz Fux

'Nenhum compatriota pode morrer por falta de ar', diz Fux

Presidente do STF telefonou para o governador do Amazonas e colocou à disposição auxílio no âmbito do Judiciário

  • Brasil | Do R7

O presidente do STF, ministro Luiz Fux

O presidente do STF, ministro Luiz Fux

Nelson Jr./SCO/STF - 17.12.2020

O presidente do STF, ministro Luiz Fux, afirmou em nota nesta sexta-feira (15) que o Brasil precisa ouvir o grito de socorro do Amazonas. Ele informou que conversou por telefone com o governador do estado, Wilson Lima (PSC), para prestar solidariedade em razão da situação dramática enfrentada com o aumento dos casos de covid-19 e colapso do sistema de saúde com a falta de oxigênio.

"Fux informou ao governador que o STF está atento aos acontecimentos e se colocou à disposição para auxílio no âmbito das competências do Judiciário", afirma a nota.

“Em nosso país nenhum compatriota pode morrer por falta de ar. O Amazonas pede socorro e o Brasil tem de ouvir esse grito. A sociedade civil e os poderes constituídos devem se unir para juntos enfrentarem essa emergência”, disse o presidente do STF.

Últimas