Brasil Novo comandante do Exército é transferido para a reserva

Novo comandante do Exército é transferido para a reserva

Alteração em vigor desde o último dia 20 de abril foi oficializada nesta terça-feira (27) pelo presidente Jair Bolsonaro

  • Brasil | Do R7

Paulo Sérgio substitui Edson Pujol no comando do Exército

Paulo Sérgio substitui Edson Pujol no comando do Exército

Reprodução/Twitter/Gen. Paulo Sérgio

O recém-empossado como comandante do Exército, o general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira foi transferido nesta terça-feira (27) para a reserva do órgão militar.

A decisão, publicada no Diário Oficial da União, ganhou validada no último dia 20 de abril, quando Paulo Sérgio foi nomeado para o cargo. Na cerimônia, apenas o ministro da Defesa, general Braga Netto, se pronunciou.

O general, que comandou as ações de combate à covid-19 na Força, assumiu o lugar de Edson Pujol no cargo após trocas feitas por Braga Netto no comando das Forças Armadas sob a orientação do presidente Jair Bolsonaro.

Considerado autoridade máxima da saúde no Exército, Paulo Sérgio passou por dois anos no Comando da 12ª Região Militar. Durante o período no Comando Logístico Terrestre da Amazônia Ocidental, o general Paulo Sérgio estreitou os laços com a sociedade manauara, ao manter a parceria do Exército Brasileiro com o governo do Estado Amazonas e Prefeitura de Manaus em diversas ações.

Últimas