Julgamento de Lula no TRF4
Brasil "O único problema que não preciso", diz Barroso sobre marca de batom

"O único problema que não preciso", diz Barroso sobre marca de batom

Momento de descontração aconteceu durante julgamento do habeas corpus de Lula no plenário do Supremo Tribunal Federal

"O único problema que não preciso", diz Barroso sobre marca de batom

Ministro recebeu recado do gabinete

Ministro recebeu recado do gabinete

Divulgação/STF

Em meio a um julgamento sério e cheio de termos muitas vezes incompreensíveis pela maior parte da população, um momento descontração arrancou risos de todos na tarde desta quarta-feira (4).

O ministro Luís Roberto Barroso interrompeu a leitura do seu voto quando, ao que parece, recebeu uma mensagem de colegas.

— Me avisaram do meu gabinete que eu estava com uma marca de batom, um beijo no rosto. O único problema que eu não preciso nessa altura da minha vida.

O ministro Dias Toffoli rapidamente explicou: "Foi a ministra Rosa [Weber]. Ela também me deu um beijo".

"Se foi a ministra Rosa, está justificado", respondeu Barroso.