Brasil OAB convoca reunião para decidir sobre pedido de impeachment

OAB convoca reunião para decidir sobre pedido de impeachment

Entidade fará encontro extraordinário do Conselho Federal em 20 de julho a fim de definir se vai apresentar um documento próprio

Agência Estado
Câmara já recebeu 122 pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro

Câmara já recebeu 122 pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro

Evaristo Sá/AFP - 01.06.2021

Um dia após movimentos e partidos de esquerda e parlamentares de centro e direita apresentarem na Câmara dos Deputados um superpedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entrou em cena.

A entidade convocou uma reunião extraordinária do Conselho Federal para o dia 20 de julho para decidir se apresenta um documento próprio pedindo o impeachment de Bolsonaro.

CPI da Covid

O superpedido apresentado na quarta-feira (30) lista 23 crimes supostamente cometidos pelo chefe do Executivo e arrola diversas testemunhas ao processo. A ação ocorre em meio à denúncia de cobrança de propina por vacina envolvendo funcionários do Ministério da Saúde e investigação da CPI da Covid no Senado Federal.

Entre as denúncias relacionadas no documento estão crime contra a existência política da União (Ato: fomento ao conflito com outras nações); hostilidade contra nação estrangeira (Ato: declarações xenofóbicas a médicos de Cuba); crime contra o livre exercício dos Poderes (Ato: ameaças ao Congresso e STF, e interferência na PF).

A peça relembra que já foram protocoladas 122 denúncias da prática de crimes de responsabilidade junto à Câmara dos Deputados. Destas, apenas seis foram arquivadas. O restante, diz, consta para apreciação de sua admissibilidade por parte do presidente da Casa.

Últimas