Brasil Oito Estados não têm verba específica para defesa da mulher

Oito Estados não têm verba específica para defesa da mulher

Lista inclui Minas Gerais, Paraná, São Paulo e Santa Catarina

Oito Estados não têm verba específica para defesa da mulher

Estados não têm verba específica para tratar de questões femininas

Estados não têm verba específica para tratar de questões femininas

Elza Fiúza/25.11.2012/ABr

Oito Estados não possuem orçamento específico para formulação e implementação de políticas para as mulheres. O dado consta da Estadic 2013 (Pesquisa de informações básicas estaduais – Perfil dos Estados Brasileiros), divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quinta-feira (13).

A lista inclui Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

De acordo com a pesquisa, a maioria das unidades da Federação tem o setor responsável pela política de gênero subordinado a outra secretaria.

Roraima e Sergipe, porém, têm uma estrutura exclusiva sem verba específica.

Menor unidade da Federação, DF tem mais servidores que qualquer Estado

Tocantins, Minas e Pernambuco são Estados que mais investem em saúde

Estados destinam só 2% do orçamento para o meio ambiente

16 Estados ignoram auxílio-natalidade

Em termos absolutos, Pernambuco, com orçamento executado de R$ 21 milhões, Goiás e Distrito Federal, ambos com orçamentos de R$ 6 milhões, são as unidades da Federação que mais investem na questão.

Pernambuco e Distrito Federal lideram também o ranking de investimento em relação à população feminina do Estado — ambos destinam R$ 4,6 para cada mulher.