Brasil Operação da PF e do MPF investiga contratos de Porto em Itaguaí no RJ

Operação da PF e do MPF investiga contratos de Porto em Itaguaí no RJ

Agentes cumpriram 11 mandados de busca em Rio, SP e mais quatro cidades

  • Brasil

Porto Sudeste, em Itaguaí, em foto de fevereiro de 2015

Porto Sudeste, em Itaguaí, em foto de fevereiro de 2015

Shana Reis/GERJ/Fotos Públicas

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagraram nesta segunda-feira (11) uma ação para coletar dados sobre irregularidades em contratos operacionais e de aquisição de equipamentos do Porto Sudeste, em Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio.

Os contratos, segundo o Ministério Público Federal, são vinculados a uma subsidiária brasileira de uma empresa estatal da Espanha que opera no Porto Sudeste.

A ação, realizada em cooperação com autoridades espanholas, resultou no cumprimento de 11 mandados de busca e apreensão nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, São Bernardo do Campo (SP), Santo André (SP), Belo Horizonte e Curitiba.

A cooperação internacional foi solicitada pelas autoridades espanholas e autorizada pela Justiça brasileira, e teve como objetivo a investigação de empresas pertencentes a um brasileiro suspeito da prática de corrupção ativa, crimes contra a ordem tributária e lavagem de dinheiro. As instituições que realizaram a ação não divulgaram o nome do empresário.

Segundo o Ministério Público Federal, também são investigadas empresas contratadas para implantar serviços de esteira e guindaste no Porto Sudeste.

Últimas