Brasil Operação prende acusado de matar soldado do Exército no Rio Paraná

Operação prende acusado de matar soldado do Exército no Rio Paraná

O homem, natural do Paraguai, foi reconhecido após furar um bloqueio de fiscalização da PF, Força Nacional e Polícia Civil do Paraná 

  • Brasil | Christina Lemos, da Record TV

Bolsonaro homenageia soldado morto em operação

Bolsonaro homenageia soldado morto em operação

Ministério da Justiça / Divulgação

Uma equipe composta por integrantes da Polícia Federal (PF), Força Nacional de Segurança Pública e Polícia Civil do Paraná prendeu o homem responsável pela morte do soldado Daniel Trarbach, ocorrida durante patrulhamento no Rio Paraná em maio deste ano.

O homem, natural do Paraguai, foi reconhecido após furar um bloqueio de fiscalização no Rio Paraná, e acabou preso.

O mandado de prisão, que se encontrava aberto, foi resultado da operação Homem Anjo - deflagrada pela PF após a morte de Daniel Trarbach.

O soldado faleceu após a embarcação na qual se encontrava ser atingida por um barco clandestino que transportava grande quantidade de droga durante patrulhamento de Operação Hórus no Rio Paraná.

Trarbach faz parte da galeria de heróis do Programa Vigia, inaugurada em junho pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, e pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça.

Últimas