Coronavírus

Brasil Operadoras de turismo apontam desconto maior na pandemia

Operadoras de turismo apontam desconto maior na pandemia

Presidente da Braztoa afirmou na Live JR desta sexta (12) que preços deverão subir no futuro com aumento da demanda

  • Brasil | Do R7

Live Jr aborda impacto da pandemia no turismo

Live Jr aborda impacto da pandemia no turismo

Record TV 12.02.2021

A pandemia de covid-19 trouxe diversos descontos ao setor de turismo, tanto em preços de passagens aéreas quanto de hotéis e outros serviços. No entanto, os preços deverão aumentar rapidamente quando as restrições a viagens começarem a cair e o contágio por covid-19 estiver controlado, segundo o presidente da Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), Roberto Nedelciu.

Ele participou de debate na Live JR desta sexta (12) sobre o setor e apontou que há muitas promoções no mercado. "Hoje nós temos uma oferta melhor que a procura". Ele afirma que a compra de pacotes pode ser uma oportunidade, e que as operadoras foram orientadas a ser claras e passar segurança aos interessados. 

"O cliente precisa ver direito com o operador quais são as condições. Se ele precisar cancelar, como isso será feito. Tem multa, carta de crédito? Quanto mais seguro o cliente ficar, melhor para as operadoras. A segurança e a informação são fundamentais nesse momento".

Segundo Nedelciu, o setor foi um dos mais impactados com a pandemia. Foram mais de 700 mil empregos fechados em operadoras de turismo no Brasil. Novos cancelamentos, como o do feriado de Carnaval, geram novas perdas com cancelamentos e remarcações. Nesse cenário, o momento é bom para descontos, afirma a associação. 

O vice-presidente jurídico da Cntur (Confederação Nacional do Turismo), Carlos Augusto Pinto Dias, também participou do debate. Ele afirmou que o setor de bares e restaurantes é um dos mais afetados na cadeia do turismo. E pede que não haja mais restrições ou fechamentos a partir de agora. 

"O setor se adaptou e respeita todos os protocolos. O governo precisa fiscalizar o informal. Festa clandestina, pancadões, bailes funk, e outros tipos de atividades ilícitas que não pagam impostos e não geram empregos e ainda contribuem para a disseminação do vírus", diz.

A Live JR será exibida às 18h10 desta sexta na Record News.

Últimas