Brasil Para aprender nova vida, presos mexicanos recebem doação de material escolar 

Para aprender nova vida, presos mexicanos recebem doação de material escolar 

País tem a 2ª maior população carcerária da América Latina e cerca de 800 presos são beneficiados todos os meses

Brasil é o líder do ranking do número de presos

Brasil é o líder do ranking do número de presos

Pixabay

De acordo com o levantamento feito pelo Instituto Igarapé, a população carcerária da América Latina mais que dobrou em 19 anos. O México – com 255 mil presos – está no segundo lugar do ranking. Assim como acontece no Brasil, o programa social UNP (Universal nos Presídios) realiza ações e doações nas unidades prisionais mexicanas.

Recentemente, a UNP doou camisetas e kits de higiene pessoal para detentos da Cefereso de Papantla, na cidade de Veracruz.

Segundo o responsável pela UNP no México, Marcos Antonio Ríos Silva, “a realidade dentro dos presídios mexicanos é muito precária e os detentos estão esquecidos. Lá dentro, muitas vezes, somos a única família que eles têm”.
“Vimos nos internos o desejo de estudar, para, lá fora, tentar uma vida melhor. Pensando nisso, também doamos nessa visita kits de material escolar contendo cardernos, lápis, borracha, caneta e folha de sulfite, para que possam utilizar nas aulas dentro do presídio”, conclui.

No México, mensalmente, cerca de 800 presos são beneficiados através das ações e doações realizadas pelo programa social.

Já no Brasil – líder do ranking com o maior número de presos da América Latina –, no ano de 2018, a UNP beneficiou 1.629.789 detentos, familiares e funcionários do sistema prisional.