Novo Coronavírus

Brasil Parlamentares querem audiência com diretores da Anvisa na sexta

Parlamentares querem audiência com diretores da Anvisa na sexta

Grupo do Congresso aprovou requerimentos para convocar responsáveis pela agência e pelo Instituto Butantan após polêmica sobre vacina

Agência Estado
Desenvolvimento de vacina contra a covid-19

Desenvolvimento de vacina contra a covid-19

Dado Ruvic/Reuters

Uma comissão do Congresso Nacional vai chamar a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e o Instituto Butantan para esclarecer a suspensão dos testes de uma vacina contra a covid-19, ocorrida na noite de segunda-feira (9). Nesta quarta (11), a Anvisa informou que liberou a continuação dos estudos.

Os parlamentares querem realizar a audiência na sexta-feira (13). O presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, e o diretor do Butantan, Dimas Covas, foram convidados para falar sobre o episódio.

A comissão aprovou três requerimentos para realização da audiência após a Anvisa suspender os ensaios clínicos da Coronavac, testada contra a covid-19 pelo laboratório chinês Sinovac e o Instituto Butantan.

Anvisa diz que falta de informações levou à interrupção da Coronavac

O episódio inaugurou mais um capítulo da disputa política entre o presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). A Anvisa argumentou que a decisão foi técnica após evento não esperado envolvendo um voluntário - um suicídio investigado pela polícia de São Paulo.

O Comitê Internacional Independente do estudo da Coronavac confirmou que a morte de um voluntário do estudo não teve relação com a vacina e recomendou a retomada da pesquisa.

Parlamentares esperam que, até sexta-feira, data prevista para a audiência, os testes estejam retomados - a Anvisa evitou estabelecer um prazo. Além da suspensão, congressistas criticaram a postura do presidente Jair Bolsonaro no episódio. Nas redes sociais, o chefe do Planalto comemorou a paralisação dos testes.

Últimas