Perseguição aos brasileiros

Brasil Parlamentares repudiam ataques contra religiosos em Angola

Parlamentares repudiam ataques contra religiosos em Angola

Senador Rodrigo Pacheco e deputado Baleia Rossi manifestaram preocupação com a onda de violência contra pastores brasileiros  no país

  • Brasil | Do R7

Baleia Rossi: lamentável ver situações de violência contra igreja

Baleia Rossi: lamentável ver situações de violência contra igreja

Valter Campanato/Agência Brasil - 01.08.2017

O senador Rodrigo Pacheco (MDB) e o deputado federal Baleia Rossi (MDB) manifestaram, nesta terça-feira (14), seu repúdio aos ataques ocorridos em templos da Igreja Universal em Angola, além de sua preocupação com a perseguição a pastores e outros religiosos.

Mais cedo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que está "acompanhando preocupado a situação de Angola".

Para Pacheco, "toda e qualquer intolerância é muito ruim. A intolerância religiosa é pior ainda porque afeta a crença e as pessoas", disse.

O parlamentar cobrou um posicionamento do governo e das autoridades de Angola e também pediu que os autores sejam identificados e responsabilizados pelos ataques.

Pacheco ainda destacou a importância desses atos serem combatidos o quanto antes para não ser instaurado o caos. "Hoje é na Igreja Universal, amanhã será em outras igrejas. Não podemos permitir.”

Rossi também lamentou os ataques e manifestou sua indignação.

“É sempre lamentável ver situações de violência como esta ocorrida em Angola, principalmente numa igreja onde as pessoas buscam a Deus, paz e compaixão.”

Últimas