Coreia do Norte
Brasil Partidos e entidades brasileiras assinam manifesto em solidariedade à Coreia do Norte

Partidos e entidades brasileiras assinam manifesto em solidariedade à Coreia do Norte

Declaração diz que Coreia do Sul é "fantoche" dos Estados Unidos

Partidos e entidades brasileiras assinam manifesto em solidariedade à Coreia do Norte

Partidos brasileiros como PSB, PCdoB e entidades como CUT (Central Única dos Trabalhadores) e UNE (União Nacional dos Estudantes) assinaram um manifesto em que se solidarizam com a Coreia do Norte. De acordo com nota divulgada no site do PCdoB no último 3, "a campanha de uma guerra nuclear desenvolvida pelos Estados Unidos contra a República Democrática Popular da Coreia passou dos limites e chegou à perigosa fase de combate real".

O manifesto chama a Coreia do Sul de "fantoche" dos Estados Unidos e diz que os partidos e entidades vão incentivar que "os povos progressistas de todo o mundo e que se opõem a guerra" busquem e mantenham a paz contra o que chamam de "terrorismo dos EUA".

EUA se preparam contra ataque da Coreia do Norte. Conheça o arsenal do Exército ianque

Leia mais notícias de Brasil

A declaração de solidariedade termina dizendo que os partidos e entidades estão "conscientes" de que estão "contribuindo e promovendo"  a paz mundial. Constam na assinatura da nota os seguintes nomes: PCdoB, PT, PSB, Cebrapaz, CUT, MST, MDD, UJS, UNE, Unegro, Unipop, CDRI, CDR/DF, MPS, CMP, CPB, Telesur, TV Comunitária de Brasília, Jornal Revolução Socialista.

Nesta segunda-feira (8), porém, PT divulgou em seu site uma nota na qual nega ter assinado a declaração. De acordo com o presidente do partido, Rui Falcão, o PT não assinou nenhum documento sobre o assunto.

    Access log