Brasil PF faz ação em 5 estados e no DF contra corrupção na Infraero

PF faz ação em 5 estados e no DF contra corrupção na Infraero

Autoridades cumprem 19 mandados de busca e investigam fraudes em licitações em “lounges” e quiosques de alimentação em aeroportos

  • Brasil | Do R7

Autoridades investigam fraudes em licitações

Autoridades investigam fraudes em licitações

Renato S. Cerqueira/ Futura Press/ Estadão Conteúdo - 13.10.2020

A PF (Polícia Federal) deflagrou a operação Índia na manhã desta quarta-feira (21) contra esquema de corrupção na Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária). 

As autoridades cumprem dezenove mandados de busca e apreensão em São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Paraná, Rio Grande do Norte e no Distrito Federal. 

Segundo a PF, as investigações apontam que funcionários da Infraero e empresários dos ramos de turismo e alimentação fraudavam licitações das das áreas “lounge” e quiosques de alimentação nos aeroportos de Congonhas em São Paulo e Santos Dumont no Rio de Janeiro. 

Os locais eram avaliados por preços menores do que de fato valiam e esquema desqualificava as empresas que não estivessem envolvidas no esquema. A PF diz que, desta forma, "permitia-se a contratação de propostas menos vantajosas para a Infraero em fraudes estimadas em cerca de R$ 10 milhões". 

Os crimes teriam acontecido entre 2016 e 2018. Procurada pela reportagem, a Infraero afirmou que a própria empresa iniciou as investigações preliminares. Leia a nota completa:

"Em relação à operação Índia, realizada pela Polícia Federal, nesta quarta-feira, 21/10, a Infraero esclarece que foi a própria Empresa que iniciou as investigações preliminares decorrentes de denúncias.

Deste trabalho da Infraero resultaram três ações distintas: processos disciplinares internos, processos de apuração de responsabilidade das empresas envolvidas e inquérito instaurado pela Polícia Federal. 

Seguindo as regras de Compliancedo Ministério da Infraestrutura (MInfra), a Infraero encaminhou o relatório conclusivo das investigações internas à Subsecretaria de Conformidade e Integridade do MInfra, no âmbito do Programa Radar Anticorrupção, que, por sua vez, o enviou à Polícia Federal. 

É importante destacar que a Empresa foi pioneira na aplicação da Lei Anticorrupção, que tem sido empregada nos seus processos de licitação e contratos.

Dessa forma, a Infraero reafirma seu compromisso com as medidas de compliancee integridade, por meio de seu Programa de Integridade, apoiado em três pilares básicos: prevenção, detecção e resposta". 

Últimas