Brasil PF inicia ação para combater corrupção em multinacional

PF inicia ação para combater corrupção em multinacional

Corporação contou com o apoio da Scotland Yard para cumprir dois mandados de busca e apreensão em Londres, no Reino Unido

  • Brasil | Do R7

PF deflagou opeção com apoio da Scotland Yard

PF deflagou opeção com apoio da Scotland Yard

Reprodução/Polícia Federal

A PF (Polícia Federal) iniciou, nesta quinta-feira (14), a operação Sem Fronteiras para apurar a prática de corrupção transnacional envolvendo empresa multinacional do ramo de mineração e um parlamentar estadual vinculado à Assembleia Legislativa do Amapá.

Leia mais: Lava Jato prende ex-presidente da Alerj por fraudes na saúde no RJ

A PF contou com o apoio da Procuradoria Regional da República da 1ª Região e da Polícia Metropolitana de Londres (Metropolitan Police – conhecida como Scotland Yard).

Em Londres foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão pela Scotland Yard com o apoio da Adidância da Polícia Federal. 

A investigação é um desdobramento da operação Caminho do Ferro, que foi deflagrada em março de 2016, com o intuito de investigar suposto pagamento de US$ 5 milhões à título de propina para parlamentar estadual.

O valor teria sido pago por empresários ligados à mineradora multinacional em troca da anuência da Assembleia Legislativa do Amapá para a transferência da concessão da Estrada de Ferro do Amapá para a referida empresa.

O objetivo da PF é colher novas provas para apurar a participação do denominado núcleo internacional, o qual é composto por empresários e consultores internacionais, que residem no Reino Unido, e teriam envolvimento com a empresa estrangeira e os fatos investigados.

Últimas