Brasil PL se reúne nesta quarta (17) para discutir filiação de Bolsonaro 

PL se reúne nesta quarta (17) para discutir filiação de Bolsonaro 

Ida do presidente para o partido foi adiada após embates internos e repercussão negativa nas redes sociais

  • Brasil | Isabella Macedo, do R7, em Brasília

Presidente do PL, Valdemar Costa Neto vai discutir a filiação de Bolsonaro

Presidente do PL, Valdemar Costa Neto vai discutir a filiação de Bolsonaro

Reprodução

A diretoria do PL (Partido Liberal) se reúne nesta quarta-feira (17) para debater a filiação do presidente Jair Bolsonaro à legenda. Um desentendimento entre o chefe do Executivo e o presidente da sigla, Valdemar Costa Neto, acabou cancelando o evento de filiação, que estava previsto para o dia 22 deste mês.

Em viagem oficial a Dubai, nos Emirados Árabes, Bolsonaro afirmou que "tem um limite" e que a decisão de ir para o PL está "99% acertada". 

Os impasses sobre a filiação surgiram por causa do apoio do PL à candidatura de Rodrigo Garcia, atual vice-governador de São Paulo, ao posto de governador do estado na eleição do ano que vem. Bolsonaro quer que o partido apoie o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas.

Em Manama, capital do Bahrein, onde participa da inauguração da embaixada brasileira no país, o presidente confirmou, nesta terça-feira (16), que houve uma troca de mensagens com Costa Neto. Eles decidiram adiar a filiação até que o PL desvincule o apoio a Garcia, que é o vice de João Doria.

O atual governador de São Paulo está na disputa para ser o candidato do PSDB à Presidência em 2022, concorrendo contra Bolsonaro.

Últimas