Novo Coronavírus

Brasil Políticos lamentam morte de Major Olimpio; veja repercussão

Políticos lamentam morte de Major Olimpio; veja repercussão

Parlamentares de diferentes partidos lamentaram falecimento do senador, que teve morte cerebral após infecção por covid-19

  • Brasil | Do R7

O senador Major Olímpio

O senador Major Olímpio

Wilson Dias/Agência Brasil - 22.01.2019

Políticos e personalidades lamentaram nesta quinta-feira (18) a morte do senador Major Olimpio, aos 58 anos. Ele havia sido internado com covid-19 no último dia 5.

O deputado Capitão Augusto (PL-SP), presidente do grupo de mais de 300 parlamentares que militam pela segurança pública e conhecido como "bancada da bala", afirmou, em nota, "que a sociedade brasileira perde um legítimo agente público, que nunca se desviou de suas bandeiras e de seus ideais".

O deputado federal Marcos Pereira (Republicanos-SP) afirmou: "É com profundo pesar que lamento a morte do senador Major Olímpio (PSL-SP), por complicações da covid-19. Meus mais sinceros sentimentos aos familiares e amigos. Ele deixa esposa e dois filhos. Minha solidariedade e orações para que Deus os conforte neste momento de dor".

O ex-juiz e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, chamou Olimpio de grande homem público a lamentou: "Triste pandemia. Tristes tempos."

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP), lamentou mais uma vítima da covid-19 e manifestou solidariedade a familiares e amigos do senador.

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), com quem Olímpio travou embates públicos por questões do PSL, também lamentou o falecimento e afirmou que Olímpio foi um homem honrado e que nunca dobrou a espinha.

O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), ex-presidente da Câmara, afirmou que o Brasil perde um de seus mais combatentes políticos. O atual presidente da Casa, o deputado Arthur Lira (PP-AL), afirmou receber a notícia do falecimento com profundo pesar.

O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) e outros representantes de partidos de oposição também se manifestaram. Valente mandou condolências aos familiares e disse que o enfrentamento à pandemia exige "empatia e seriedade". O ex-candidato à Presidência da República Ciro Gomes também lamentou a morte, afirmando que podia discordar de Olímpio sobre diferentes temas, mas que sempre debateram com respeito mútuo. 

O ministro Alexandre de Morais, do STF, foi um dos magistrados a lamentarem a morte. Ele chamou Olimpio de honrado policial militar de São Paulo. Moraes já foi secretário da Segurança Pública em São Paulo. 

O presidente nacional do MDB, deputado Baleia Rossi, também lembrou a atuação de Olimpio na PM de São Paulo, como "oficial respeitado", e que "ingressou na vida pública para lutar por mais segurança para a população".

Companheiros de Olimpio do Senado também se manifestarem, casos de Simonte Tebet (MDB-MS) e Álvaro Dias (Podemos-PR).

Últimas