Novo Coronavírus

Brasil Por vacina, governador petista do Ceará vai a Doria

Por vacina, governador petista do Ceará vai a Doria

Camilo Santana é mais um entre os 12 gestores municipais recebidos pelo governador de São Paulo para formalizar interesse pela compra da CoronaVac

  • Brasil | Do R7

Reunião entre Camilo Santana e João Doria em SP

Reunião entre Camilo Santana e João Doria em SP

Divulgação

O governador petista do estado do Ceará, Camilo Santana, passou por cima de diferenças partidárias e ideológicas para firmar um acordo com o colega de São Paulo para aquisição da CoronaVac.

Agora já são 12 os governadores recebidos por João Doria, do PSDB, que manifestam interesse pela compra do imunizante chinês, que causa neste momento uma disputa com autoridades federais.

"Defendo que o momento deve ser de união de todos, independente de questões partidárias e ideológicas", declarou Santana. "Hoje à tarde estarei no Instituto Butantan para conhecer de perto o trabalho de produção da vacina". 

O presidente do Instituto do Butantan, Dimas Covas, participou da audiência. Segundo Doria, a próxima etapa é definir a quantidade de doses que serão necessárias na primeira etapa de vacinacão no Ceará. A CoronaVac ainda não foi registrada pela Anvisa, nem teve sua aplicação autorizada pela Agência.

A promessa do governo de São Paulo é encaminhar aos órgãos reguladores da China e do Brasil os últimos resultados dos testes da CoronaVac até 23 de dezembro.  

Últimas