Presidente da Câmara ordena retirada de estudantes das galerias do plenário

Maia já havia ameaçado retirar manifestantes, mas recuou após pedido de parlamentares

Em sessão tumultuada, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ordenou que os estudantes que protestam contra a PEC do Teto dos Gastos Públicos (241/16), aprovada nesta terça-feira (25), nas galerias do Plenário sejam retirados pela Polícia Legislativa.

Os estudantes gritavam “Fora, Temer” e outras palavras de ordem.

No momento dos debates, Maia já tinha suspendido a sessão para a retirada dos manifestantes, mas recuou depois da intermediação de alguns parlamentares e da garantia de que não haveria ofensa aos deputados.

Durante a votação, no entanto, ordenou que a polícia retire os estudantes “mal-educados”.

Leia mais notícias de Brasil