Brasil Presidente da CCJ sai em defesa de assessor internacional de Bolsonaro

Presidente da CCJ sai em defesa de assessor internacional de Bolsonaro

Bia Kicis diz que quem conhece Filipe Martins 'sabe de sua idoneidade'. Assessor fez gesto no Senado que provocou polêmica

  • Brasil | Do R7

Filipe Martins (ao fundo) durante sessão do Senado

Filipe Martins (ao fundo) durante sessão do Senado

Reprodução

A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) publicou um tuíte defendendo o assessor internacional do presidente Jair Bolsonaro, Filipe Martins, após a polêmica provocada por um gesto com as mãos que ele fez durante uma sessão do Senado. Bia Kicis é presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara, considerada a mais importante da Casa.

No tuíte, ela destaca um vídeo em que o apresentador Sikêr Jr aparece ajeitando o microfone de lapela junto à gravata fazendo o gesto com os dedos igual ao do assessor de Bolsonaro.

"O grande @sikerajr  captou bem o espírito da coisa. A perseguição aos apoiadores do Presidente jairbolsonaro está beirando as raias da loucura. @filgmartin, aguente firme. Quem te conhece sabe da sua idoneidade", disse Bia Kicis.

Durante sessão do Senado em que o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, expôs as dificuldades para a compra de vacinas contra a covid-19, na última quarta-feira (24), o assessor fez um gesto com a mão, interpretado por alguns como um símbolo de supremacismo branco e por outros, como simplesmente obsceno. Nas redes sociais, Martins disse apenas arrumava o paletó.

Últimas