Brasil Produção industrial cresce pelo terceiro mês seguido, diz CNI

Produção industrial cresce pelo terceiro mês seguido, diz CNI

Relatório ainda traz boas notícias sobre emprego e capacidade instalada no setor, mas alerta para redução dos estoques

Estoques estiveram abaixo do planejado, mas ainda estão longe do pico negativo de 2020

Estoques estiveram abaixo do planejado, mas ainda estão longe do pico negativo de 2020

José Paulo Lacerda/CNI

A produção industrial cresceu pelo terceiro mês consecutivo, segundo estudo da CNI (Confederação Nacional da Indústria) que ouviu 1.914 empresas, sendo 773 pequeno porte, 665 médio porte e 476 de grande sobre as atividades no mês de julho. Os indicadores são próprios da CNI, a partir de entrevistas mensais com os industriais.

O levantamento traz ainda outras boas notícias sobre o emprego no setor, que não cai há 13 meses, e sobre a utilização da capacidade instalada, a melhor para essa época do ano desde 2013.

Por outro lado, os estoques estiveram abaixo do planejado e caíram um pouco mais em julho. Ainda assim, diz a CNI, estão acima do registrado no segundo semestre de 2020, quando o problema da falta de insumos e matérias-primas atingiu seu ponto mais crítico.

A pesquisa também revelou que a maioria dos empresários da indústria espera crescimento da demanda e das exportações e, com isso, aumento no número de trabalhadores e suas compras de matérias primas para a produção.

Últimas