Brasil Putin, da Rússia, e Netanyahu, de Israel, parabenizam Bolsonaro

Putin, da Rússia, e Netanyahu, de Israel, parabenizam Bolsonaro

Além dos líderes da Rússia e de Israel e do presidente dos EUA, parabéns vieram dos mandatários de Itália, Colômbia e Venezuela, entre outros

bolsonaro eleito

Putin enviou recado por sua chancelaria

Putin enviou recado por sua chancelaria

Sergei Chirikov/Reuters/24-10-18

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, parabenizou o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) pela vitória na disputa presidencial brasileira no último domingo (28).

Bolsonaro foi eleito como 38º presidente da história do Brasil com 57.797.847 votos válidos, o equivalente a 55,13% do eleitorado. O adversário Fernando Haddad (PT) teve 47.040.906 dos votos válidos, o equivalente a 44,87%.

No comunicado, o russo elogiou a experiência da cooperação bilateral entre os países em várias esferas e disse que a colaboração entre os dois países é estratégica.

"O Presidente da Rússia expressou confiança na promoção de todo o complexo de laços sino-brasileiros, bem como na cooperação construtiva no âmbito das Nações Unidas, do G20, dos BRICS e de outras organizações multilaterais, no interesse do povo russo e brasileiro", diz a nota escrita pelo Kremlin.

Em março de 2018, Putin venceu as eleições presidenciais russas e se reelegeu para um quarto mandato que se estenderá até 2024.

Israel

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, informou em seu perfil no Twitter que conversou nesta segunda com Bolsonaro. O israelense parabenizou-o por sua vitória e disse que aguarda a sua visita ao País.

"Falei esta tarde com o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro. Eu o parabenizei por sua vitória. Disse a ele que estou certo de que sua eleição irá trazer uma grande amizade entre nossos povos e um fortalecimento dos laços entre Brasil e Israel. Estamos aguardando sua visita!", escreveu Netanyahu.

Mais cedo, o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), que deve assumir a Casa Civil no governo do PSL, informou que Israel deve ser um dos primeiros países a serem visitados pelo futuro presidente, junto com Chile e Estados Unidos.

Também no Twitter, Bolsonaro escreveu sobre a conversa. "Acabo de receber os cumprimentos do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, ao lado do embaixador Yossi Shelley. Nossos laços de amizade se traduzirão em acordos onde nossos povos serão os maiores beneficiados", disse.

Outros chefes de Estado

Além de Vladimir Putin e Netanyahu, outros chefes de Estado como Donald Trump, dos Estados Unidos, Emmanuel Macron, da França, Ivan Duque, da Colômbia, Mauricio Macri, da Argentina, Sebastian Piñera, do Chile, Matteo Salvini, da Itália, e Nicolás Maduro, da Venezuela, já parabenizaram Bolsonaro.