Brasil Queimada na Amazônia é o tema do Estúdio News desta quarta (11)

Queimada na Amazônia é o tema do Estúdio News desta quarta (11)

Especialistas da The Nature Conservancy Brasil discutem as consequências do desmatamento no Brasil

Rodrigo Spuri, Edenise Garcia e Gustavo Toledo

Rodrigo Spuri, Edenise Garcia e Gustavo Toledo

Divulgação

As recentes queimadas na Amazônia e sua repercussão internacional chamaram a atenção para a constante degradação das florestas e solos brasileiros. No Estúdio News desta quarta-feira (11), os especialistas da The Nature Conservancy Brasil, Edenise Garcia e Rodrigo Spuri, explicam as consequências do desmatamento para a economia e o meio ambiente.

Segundo os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, ao longo deste ano houve um aumento de 80% dos focos de incêndio na Amazônia em relação ao mesmo período de 2018. Edenise Garcia, gerente adjunta de ciência da TNC, aponta que as queimadas afetam o equilíbrio do clima.

“A floresta em si tem um papel importante na manutenção do Clima. Quando existe essa disrupção você está afetando de imediato o clima e é isso que está acontecendo. Então tem emissões muito grandes, massivas e muito rápidas para a atmosfera e isso vai ter um impacto no ciclo global e no clima global”.

Outro fator que contribui muito para a degradação do ecossistema é a atividade agropecuária e obras de infraestrutura, porém são importantes para o desenvolvimento econômico. Rodrigo Spuri, coordenador da cadeia de soja, ressalta a importância da necessidade de conservação sem prejuízos para a economia.

“5% da biodiversidade global está no cerrado, mas ao mesmo tempo é um bioma fundamental para a produção agrícola nacional. Então é um bioma fundamental tanto se a gente olhar para o meio ambiente em termos de regulação de clima, de ciclos hidrológicos e de carbono, quanto para o desenvolvimento econômico do país também”.

O Estúdio News vai ao ar às quartas-feiras, às 22h, com reprise aos sábados, no mesmo horário. A Record News é sintonizada pelos canais de TV fechada 55 Vivo TV, 78 Net, 32 Oi TV, 14 Claro, 19 Sky e 134 GVT, além do canal 42.1 em São Paulo e demais canais da TV aberta em todo o Brasil.