Brasil Queiroga diz que distanciamento social é a estratégia no curto prazo

Queiroga diz que distanciamento social é a estratégia no curto prazo

Novo ministro fez 1ª reunião com o presidente Jair Bolsonaro nesta quinta e afirmou que efeitos da vacinação não serão imediatos

  • Brasil | Vanessa Lima, da Record TV em Brasília

Marcelo Queiroga, novo ministro da Saúde

Marcelo Queiroga, novo ministro da Saúde

Ueslei Marcelino/Reuters - 16.03.2021

O cardiologista Marcelo Queiroga, que assumirá o cargo de ministro da Saúde, afirmou nesta quinta-feira (18) que o distanciamento social é a estratégia a curto prazo para resolver óbitos, já que a campanha de vacinação terá efeitos maiores no médio prazo. Ele fez a primeira reunião com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto, após o anúncio de que será o responsável pelo Ministério da Saúde.

Queiroga afirmou que conta com o apoio de governadores, prefeitos e imprensa para fazer uma grande campanha a fim de reduzir os números de contaminados. Na quarta-feira (17), o Brasil teve confirmado o registro de novos 90 mil infectados pela doença e 2.648 mortes, totalizando 284.775 desde o início da pandemia.

Segundo Queiroga, é necessário seguir as recomendações da ciência e nenhum governo tem uma vara de condão para reduzir as mortes de forma instantânea.

O médico assumirá o posto ocupado pelo general Eduardo Pazuello. 

Últimas