Brasil Relatora defende manutenção de prisão do deputado Daniel Silveira

Relatora defende manutenção de prisão do deputado Daniel Silveira

Magda Mofatto (PL-GO) afirmou que deputado transformou mandato em "plataforma de propagação de discurso de ódio"

  • Brasil | Do R7

A deputada federal Magda Mofatto (PL-GO)

A deputada federal Magda Mofatto (PL-GO)

Reprodução/TV Câmara 19.02.2021

A deputada federal Magda Mofatto (PL-GO), relatora da análise feita pela Câmara sobre a prisão do parlamentar Daniel Silveira (PSL-RJ), defendeu nesta sexta-feira (19) a manutenção da ordem de detenção expedida pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal).

"É preciso traçar uma linha entre a crítica contundente e um ataque às instituições democráticas", disse. Ela afirmou que Daniel Silveira "transformou o seu mandato numa plataforma de propagação do discurso do ódio" e que foram "gravíssimas as agressões realizadas pelo parlamentar."

O parlamentar foi detido na terça-feira (16) devido a ataques ao STF e ao Congresso, além de fazer apologia ao AI-5, decisão mais rígida contra as liberdades individuais na ditadura militar.

Mofatto releu no plenário da Câmara as agressões feitas em vídeo por Silveira. Ele insultou ministros do STF, afirmou que imagina vê-los apanhando e fez ainda apologia ao AI-5 (Ato Instituicional nº), de 1968, no período mais duro da ditatura militar no Brasil.

Após a leitura do relatório e o voto de Magda Mofatto, demais deputados vão deliberar sobre o tema.

Últimas