Brasil Representantes de 5 estados vão avaliar situação da bacia do Paraná

Representantes de 5 estados vão avaliar situação da bacia do Paraná

Agência Nacional de Águas cria grupo técnico com o objetivo de buscar soluções para evitar desabastecimento por falta de chuvas

  • Brasil | Do R7

Agência declarou estado crítico na bacia do Paraná

Agência declarou estado crítico na bacia do Paraná

Wikimedia Commons

Uma portaria da ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico), publicada nesta segunda-feira (7) no Diário Oficial da União, cria um grupo para acompanhar a situação da bacia hidrológica do Paraná, em estado crítico por causa da falta de chuvas no país.

Apesar de crise, Brasil não corre risco de apagão em 2021, diz ONS

O GTA-RH Paraná (Grupo Técnico de Assessoramento da Situação da Região Hidrográfica do Paraná) será composto pela própria ANA, por representantes das administrações estaduais do Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás e por eventuais órgãos ambientais convidados.

Uma das funções do grupo é "propor e discutir medidas transitórias de prevenção e mitigação de impactos sobre os usos da água, incluindo condições temporárias para a operação de reservatórios". 

Uma resolução da agência, de 1º de junho de 2021, declarou situação crítica dos recursos hídricos na Região Hidrográfica do Paraná até 30 de novembro de 2021.

Últimas