Perseguição aos brasileiros

Brasil Senado aprova comissão de ajuda a vítimas de violência em Angola

Senado aprova comissão de ajuda a vítimas de violência em Angola

Senadores demonstram indignação com os recentes episódios de xenofobia e perseguição religiosa contra brasileiros da Universal

  • Brasil | Do R7

Viagem foi aprovada por unanimidade no Senado

Viagem foi aprovada por unanimidade no Senado

Reprodução/Record TV

O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (15), por unanimidade, a viagem de uma comitiva formada por oito parlamentares para acompanhar a situação de brasileiros que vêm sofrendo ataques violentos por parte de dissidentes da Igreja Universal em Angola.

Ao colocar o requerimento em votação, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AL), afirmou que foi procurado pelos senadores Major Olímpio (PSL-SP) e Marcos do Val (Podemos-ES) em nome da Comissão de Assuntos Exteriores da Casa.

Leia mais: Comissão irá a Angola ver a situação de vítimas de ataques

"São muitos brasileiros que estão sendo vítimas de ameaças constantes lá em Angola e, por isso, se colocou na mesa um requerimento extra pauta", explicou Alcolumbre.

De acordo com o presidente do Senado será coordenado o momento adequado para que a viagem seja realizada com todo o aparato diplomático necessário. "A viagem será feita dentro de todos os critérios de segurança e proteção dentro de uma relação diplomática amigável, mas em que brasileiros são vítimas de segurança", pontou.

A expectativa é de que parlamentares embarquem a partir de 9 de agosto, data em que o país não deve estar mais fechado em função da pandemia do novo coronavírus. A comitiva será composta por oito parlamentares. Enquanto isso, as articulações ocorrerão remotamente.

A delegação pretende manifestar diretamente às principais autoridades angolanas a indignação com os recentes episódios de xenofobia e perseguição religiosa. "Vamos para lá para garantir junto ao governo de Angola todos os direitos dos brasileiros que estão morando naquele país", disse o senador Major Olimpio (PSL-SP).

O presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, senador Nelsinho Trad (PSD-MS), afirmou que a situação dos brasileiros vítimas de violência é avaliada. “Nós estamos atentos a essa questão e cuidando das prerrogativas que vossas excelências colocaram sob minha responsabilidade”, afirmou Trad.

Últimas