Novo Coronavírus

Brasil Senado promete votar prorrogação de auxílio 'o mais rápido possível'

Senado promete votar prorrogação de auxílio 'o mais rápido possível'

Governo federal enviou ao Congresso medida provisória para o pagamento de mais quatro parcelas de R$ 300 do benefício emergencial

  • Brasil | Do R7, com Agência Estado

MP estabelece pagamento do auxílio até dezembro

MP estabelece pagamento do auxílio até dezembro

Adriano Machado/Reuters - 05.08.2020

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), prometeu unir esforços para votar a MP (Medida Provisória) da prorrogação do auxílio emergencial até dezembro "o mais rápido possível". O governo anunciou mais quatro parcelas de R$ 300, valor menor do que os R$ 600 pagos atualmente.

Para Alcolumbre, a prorrogação até o fim do período de calamidade pública dá retaguarda para quem recebe é "fundamental" para a proteção daqueles que dependem do auxílio durante a pandemia de covid-19. A declaração foi feita após a sessão do Senado nesta quarta-feira (2).

O governo reduziu o valor do pagamento para amenizar o impacto no caixa da União. As cinco primeiras parcelas no valor de R$ 600 custaram cerca de R$ 50 bilhões por mês aos cofres públicos.

Antes de finalizar a proposta, a equipe econômica do governo decidiu conversar com os congressistas em mais um gesto de aproximação do presidente Jair Bolsonaro com o Legislativo.

Últimas