Senadores fazem um minuto de silêncio em homenagem à Chapecoense

Avião que transportava a equipe catarinense caiu em Medellín na madrugada desta terça-feira

Senadores fazem um minuto de silêncio em homenagem à Chapecoense

Ato de homenagem às vítimas do acidente foi proposto pelo senador Jorge Viana (PT-AC), que presidia a sessão na Casa

Ato de homenagem às vítimas do acidente foi proposto pelo senador Jorge Viana (PT-AC), que presidia a sessão na Casa

Fredy Builes/Reuters

No início da sessão desta terça-feira (29), os senadores fizeram um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do acidente aéreo sofrido pela delegação da equipe de futebol Chapecoense, jornalistas e convidados do clube na Colômbia.

A equipe catarinense equipe viajava para enfrentari o Atlético Nacional de Medellín, na final da Copa Sul-Americana de Futebol, marcada inicialmente para acontecer nesta quarta-feira (30).

O senador Jorge Viana (PT-AC), que presidia a sessão, foi quem sugeriu a homenagem, afirmando que o acidente entristeceu todo o país.

— O Brasil inteiro sente essa tragédia. E nós aqui, no Senado Federal, não poderíamos iniciar os trabalho sem fazer essa homenagem às vítimas.