Julgamento do mensalão

Brasil STF manda prender Valdemar Costa Neto e mais três condenados no mensalão

STF manda prender Valdemar Costa Neto e mais três condenados no mensalão

PF também tem mandados para deter Pedro Corrêa, Vinícius Samarane e Carlos Rodrigues

  • Brasil | Carolina Martins, do R7, em Brasília

Costa Neto foi condenado a sete anos e dez meses de prisão

Costa Neto foi condenado a sete anos e dez meses de prisão

Dida Sampaio/19.11.2013/Estadão Conteúdo

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) e relator do processo do mensalão, ministro Joaquim Barbosa, expediu, nesta quinta-feira (5), mais quatro mandados de prisão para condenados na ação penal.

Barbosa determinou as prisões do deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP), do ex-deputado federal (PP-MT) Pedro Corrêa, do ex-deputado federal do PL (atual PR) Carlos Rodrigues e do ex-vice-presidente do Banco Rural Vinicius Samarane. 

Os réus devem se apresentar à polícia ou serão procurados pelos agentes da PF (Polícia Federal), que já foi notificada sobre os mandados. A informação foi divulgada por meio do Twitter da PF. 

Leia mais notícias de Brasil e Política

Fotos: Genoino já foi ex-guerrilheiro e político influente

O deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP) foi condenado a sete anos e dez meses de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do mensalão. O ex-deputado federal Pedro Corrêa (PP-PE) foi condenado a sete anos e dois meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O também ex-deputado federal Carlos Rodrigues (ex-PL, atual PR) foi condenado a seis anos e três meses de prisão, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.  

Por fim, o ex-dirigente do Banco Rural Vinícius Samarane foi condenado a uma pena de oito anos e nove meses de prisão, em regime fechado, por gestão fraudulenta e lavagem de dinheiro.

Últimas