Brasil STJ mantém trabalho para recuperar sistema após ataque de hacker

STJ mantém trabalho para recuperar sistema após ataque de hacker

Após a restauração do backup do servidor do sistema integração, os tribunais de todo o país voltarão a encaminhar processos por meio eletrônico 

 O presidente do STJ, ministro Humberto Martins

O presidente do STJ, ministro Humberto Martins

Divulgação / STJ - 26.08.2020

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) informou neste sábado (14) que mantém os  trabalhos de recuperação dos sistemas de informática afetados pelo ataque hacker. Após a restauração do backup do servidor do sistema integração, os tribunais de todo o país voltarão a encaminhar processos ao STJ por meio eletrônico e, da mesma forma, a receber processos da Corte.

Leia também: Alvo de ataque hacker, STJ gastou R$ 13,7 milhões com empresa de informática investigada

De acordo com nota assinada pelo presidente do STJ, ministro Humberto Martins, estão sendo realizados ajustes pontuais em aplicações administrativas que ainda apresentam instabilidade, a exemplo do Acesso Remoto (RDS), sistema disponível aos usuários internos para a realização de trabalho remoto, inclusive em finais de semana, fundamental durante o período da pandemia.

"Os servidores de arquivos passam pela recuperação de dados, o que possibilitará, até a próxima segunda-feira (16), à tarde, o acesso aos drivers da rede interna do Tribunal. Importante lembrar que as ferramentas do Office 365 (Outlook, OneDrive, entre outros) estão disponíveis desde o restabelecimento do acesso, na última segunda-feira (9)", afirmou em nota.

A Presidência do STJ tem encaminhado, diariamente, dados solicitados pela Polícia Federal para subsidiar a investigação sobre o ataque cibernético, que corre sob sigilo. A investigação também está sendo acompanhada pelo Comando de Defesa Cibernética do Exército.

Últimas