Temer nega estar negociando cargos

Pelo Twitter, vice-presidente afirma que é muito procurado mas não trata do assunto

Para Temer, os membros do Executivo, Legislativo e Judiciário têm o objetivo apenas de exercer do poder

Para Temer, os membros do Executivo, Legislativo e Judiciário têm o objetivo apenas de exercer do poder

Marcelo Camargo/23.02.2016/Agência Brasil

O vice=presidente da República, Michel Temer, que é o primeiro a substituir a presidente Dilma Rousseff no caso de um eventual impeachment, usou sua conta no microblog Twitter para negar os rumores de que esteja negociando cargos.

— Outro registro que quero fazer é que eu já estaria negociando cargos, recebendo parlamentares e partidos para fazer negociação de cargos. [...] Sou muito procurado mas não trato desse assunto. Não trato sequer do assunto do que possa ou não possa acontecer.

Temer também afirma que jamais interferiria no Ministério Público e na Policia Federal. Ele relata que já trabalhou para as instituições e ressaltou que cada um deve cumprir a sua função no País.

— Eu fui deputado constituinte. Trabalhei na comissão do poder Judiciário, Ministério Público e Polícia Federal. [...] Ajudei a estruturar essas instituições. Tenho também formação jurídica, no particular, voltada para o Direito Constitucional. [...] Dizer que eu poderia interferir em processo judicial, levado adiante em função da posição do Ministério Público: isso jamais eu faria.

Para Temer, os membros do Executivo, Legislativo e Judiciário têm o objetivo apenas de exercer do poder.

— O poder não é nosso, o poder é do povo.

Reprodução/Twitter