'Um dia de paz e entendimento', diz Doria após reunião com Bolsonaro

Governadores se reuniram hoje virtualmente com o presidente da República, além de ministros e dos presidentes da Câmara e do Senado

Governadores se reuniram por videoconferência com presidente Jair Bolsonaro

Governadores se reuniram por videoconferência com presidente Jair Bolsonaro

Marcos Corrêa/Presidência da República

O governador de São Paulo, João Doria, classificou como positiva e "histórica" a reunião entre os 27 governadores e o presidente Jair Bolsonaro, na manhã desta quinta-feira (21). Participaram também ministros e os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado Federal, Davi Alcolumbre.

"Hoje é um dia de paz e de entendimento", afirmou o governador paulista, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, no início desta tarde.

"Estou pessoalmente feliz por termos concluído uma reunião de parte a parte, pelos governadores, pela Presidência da República, em paz e em harmonia."

Segundo Doria, os governadores manifestaram apoio ao projeto de lei de apoio do governo federal aos estados e municípios, aprovado pelo Congresso e que está para ser sancionado pelo presidente.

Os estados manifestaram ao presidente a necessidade de que o pagamento da primeira parcela da ajuda, de R$ 60 bilhões, seja pago até o dia 30 de maio.

Na última vez em que se reuniram virtualmente, em 25 de março, Doria e Bolsonaro bateram boca, com troca de acusações de fazer política em meio à pandemia de ambos.