Universal entende que indicado pode ajudar o STF a cumprir missão constitucional

Presidente Bolsonaro escolheu desembargador federal Kassio Nunes. Nome precisa ser aprovado pelo Senado

O desembargador federal Kassio Nunes

O desembargador federal Kassio Nunes

Divulgação

A Igreja Universal do Reino de Deus acredita que a indicação do desembargador federal Kassio Nunes para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), pode representar um acréscimo à nossa suprema corte, sempre no caminho do desejável equilíbrio que toda a sociedade brasileira demanda e espera do Poder Judiciário.

Os bispos, pastores e os sete milhões de fiéis e simpatizantes da Universal no Brasil têm a expectativa de que o nome escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro, e que ainda será submetido à aprovação do Senado Federal, saberá honrar a cadeira que ocupará no STF, em benefício de um país e de uma Justiça menos desiguais, como determina a Constituição Federal.

Kassio Nunes Marques é piauiense, tem 48 anos e é desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). Para conhecer o perfil do indicado ao STF, clique aqui e leia o texto publicado no portal Universal.org