Brasil Vídeo: acusado de esfaquear Bolsonaro faz revelação à polícia

Vídeo: acusado de esfaquear Bolsonaro faz revelação à polícia

Vídeo obtido pelo R7 mostra Adelio Bispo de Oliveira sendo questionado por policiais. Ele está detido na sede da PF em Juiz de Fora (MG)

Adelio de Oliveira está preso na sede da PF em Juiz de Fora

Adelio de Oliveira está preso na sede da PF em Juiz de Fora

Montagem/R7/Folha Vitória

O suspeito de esfaquear o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL), nesta quinta-feira (6), disse à polícia que “quem mandou foi o Deus aqui em cima” para justificar o crime.

O R7 teve acesso ao vídeo (veja abaixo) que mostra Adelio Bispo de Oliveira, 40 anos, sendo questionado por policiais.

Oliveira atingiu Bolsonaro com um golpe de faca enquanto o candidato participava de uma caminhada de campanha na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais. Após o crime, apoiadores do presidenciável seguraram o suspeito e a polícia o deteve.

O homem foi levado para a sede da Polícia Federal de Juiz de Fora. A PF abriu inquérito para investigar o caso.

Ainda no depoimento para Polícia Federal, Oliveira disse ter agido por "questões pessoais". Ele chegou a ser agredido por apoiadores de Bolsonaro enquanto era levado para a delegacia.

O candidato à Presidência foi levado para a Santa Casa de Juiz Fora e passou por uma intervenção cirurgica.

Segundo a equipe médica do hospital, Bolsonaro sofreu três perfurações no intestino delgado e uma lesão grave no intestino grosso.