Governador do RS pede respeito com religiosos brasileiros em Angola

Tudo que a covid-19 nos ensinou agora é que temos que estar juntos e devemos ter um mundo menos isolacionista, menos egoísta. Por isso que especialmente nos preocupam os fatos que acontecem em Angola, que brasileiros estão sendo perseguidos em função da religião são muito preocupantes. O Itamaraty e o Senado vejo que já se mobilizam e devem acompanhar para que haja tolerância e respeito com os brasileiros que lá estão.