Marcos Pereira cobra governo angolano por violência a religiosos no país

O vice-presidente da Câmara, Marcos Pereira (Republicanos-SP), cobrou neste sábado (11) uma posição mais firme do governo e de autoridades angolanas com relação ao que chamou de ‘vândalos, que estão fazendo bárbaries’ contra pastores da Igreja Universal naquele país. O deputado federal disse que está em contato com o Itamaray e com as embaixadas para encerrar a conivência com práticas violentas por lá.