Brasília ‘Absurdo’, diz Bolsonaro sobre preço para envasar gás

‘Absurdo’, diz Bolsonaro sobre preço para envasar gás

Presidente disse que teve reunião sobre combustíveis com presidente da Petrobras e ministro de Minas e Energia

  • Brasília | Maurício Ferro, do R7 em Brasília

Bolsonaro teve reunião com presidente da Petrobras e ministro de Minas e Energia

Bolsonaro teve reunião com presidente da Petrobras e ministro de Minas e Energia

Evaristo Sá/AFP - 06.10.2021

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na tarde desta quinta-feira (7) que é um “absurdo” o preço cobrado para envasar o gás de cozinha no Brasil. “O preço do volume de 13kg na Petrobras está custando R$ 46. Mas sai dali e vai para uma empresa que bota o gás para dentro do botijão. Ali em média, R$ 20 para engarrafar. É um absurdo esse preço! R$ 20!”, declarou em evento no Palácio do Planalto.

Bolsonaro afirmou que, como forma de reduzir o valor na ponta da linha, zerou o imposto federal incidente sobre o gás de cozinha. No entanto, disse que há vários outros custos que fazem o preço chegar alto para o consumidor final.

“Bem, arredondando [o valor da Petrobras e do engarrafamento do botijão], chegou a R$ 60. Na ponta da linha está a R$ 120. O que eu fiz? Zerei o imposto de gás. Mas como chega de R$ 60 a R$ 120? Tem ICMS, Tem ICMS, tem frete, tem a margem de lucro de quem está vendendo na ponta da linha”, disse.

Para tentar resolver o valor dos combustíveis, o presidente disse que teve uma reunião nesta quinta com o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, e com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. “Todo mundo quer que diminua né. Somos unânimes”, declarou.

Últimas