Brasília Anderson Torres e Ramagem são ouvidos pela Polícia Federal

Anderson Torres e Ramagem são ouvidos pela Polícia Federal

Os dois prestaram depoimentos no inquérito das fake news, aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF)

  • Brasília | Renato Souza, do R7, em Brasília

Divulgação/SSP-DF

A Polícia Federal colheu novos depoimentos no inquérito das fake news, aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O Ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, foi ouvido nesta quinta-feira (26/8). A oitiva ocorreu no gabinete dele, no Ministério da Justiça, em Brasília.

Também foi ouvido pela corporação o Diretor Geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem. Ele prestou depoimento, ontem, na Superintendência da PF em Brasília, no Setor Policial Sul, durante três horas.

Os dois foram ouvidos como testemunhas na apuração sobre os ataques do presidente Jair Bolsonaro ao sistema eleitoral brasileiro. Torres participou de live do mandatário sobre o assunto em 29 de julho e apresentou documentos da PF. 

O ministro da Justiça já tinha prestado depoimento no inquérito administrativo aberto pelo Tribunal Superior Eleitoral para para investigar as falas de Bolsonaro. 

Últimas