Brasília Ataque hacker: cartão de vacina físico será exigido em postos do DF

Ataque hacker: cartão de vacina físico será exigido em postos do DF

Medida começa nesta sexta (10) para quem precisa tomar a segunda dose ou o reforço de imunizantes contra a Covid-19

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Dose de reforço da Janssen passou a ser ministrada nesta sexta-feira (10) no DF

Dose de reforço da Janssen passou a ser ministrada nesta sexta-feira (10) no DF

Alejandro Zepeda/EFE

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal vai passar a cobrar a caderneta de vacinação impressa de quem precisa tomar a segunda dose ou a dose de reforço contra a Covid-19. A medida foi anunciada pela pasta após ataque hacker ao sistema do Ministério da Saúde, que indisponibilizou o acesso ao ConecteSUS. A medida não se aplica a quem ainda vai tomar a primeira dose. 

No cartão impresso, os profissionais de saúde poderão conferir a data da última aplicação da vacina, o fabricante e os dados pessoais dos cidadãos. A cobrança se dá em razão de o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI) e outros sistemas que utilizam a plataforma AWS estarem fora do ar, segundo a Secretaria de Saúde do DF.

"Por conta disso, no momento, as equipes não têm acesso ao banco de dados online e precisam preencher as fichas à mão para lançamento posterior no sistema", detalha a nota do Governo do DF. A exigência do cartão físico seguirá em vigor enquanto o sistema do Ministério da Saúde permanecer fora do ar.

A secretaria afirmou ainda que a divulgação dos boletins epidemiológicos de casos e óbitos de coronavírus não será afetada. "A Secretaria de Saúde faz a captação dos dados diretamente dos laboratórios da rede pública e privada, não utilizando exclusivamente as informações dos sistemas do Ministério da Saúde."

O ataque ao site do Ministério da Saúde ocorreu na madrugada desta sexta-feira (10). De acordo com a pasta, a Polícia Federal e o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) apuram o caso. Os hackers pediram resgate pela devolução de 50 terabytes de dados que teriam sido extraídos do site.

Dose de reforço

Nesta sexta-feira, começou a aplicação da dose de reforço com a vacina da Jassen no DF. A segunda dose desse imunizante é indicada a quem recebeu a última aplicação até 30 de junho. Para tomar o reforço, é preciso apresentar um documento de identidade com foto e o cartão de vacinação. Ao todo, 1.850 doses foram disponibilizadas para essa finalidade. O DF está na expectativa da entrega de uma nova remessa ainda neste fim de semana. 

Últimas