Balanço Geral DF Casal de comerciantes foi morto por vender lanches baratos em ponto comercial, conclui polícia

Casal de comerciantes foi morto por vender lanches baratos em ponto comercial, conclui polícia

Todos os 4 envolvidos no caso foram capturados pela polícia

A Polícia Civil concluiu que o assassinato do casal de comerciantes em Ceilândia (DF) foi motivado por uma disputa por um ponto de venda de lanches em Águas Claras (DF). Inicialmente, os investigadores acreditavam na hipótese de latrocínio – roubo seguido de morte, mas, com o avançar das investigações, o crime foi classificado como duplo homicídio. Todos os 4 envolvidos no caso foram pegos pela polícia. Três deles foram presos e um adolescente está apreendido. O casal Laércio e Helena Moreira foi morto a tiros em casa, no último dia 11 de abril.

VEJA MAIS

SARAMPO VOLTA A ASSUSTAR O BRASIL EM MEIO À QUEDA DA VACINAÇÃO E NOVOS CASOS

CONTA DE ENERGIA TEM REDUÇÃO DE 20% COM RETORNO DA BANDEIRA VERDE

ADOLESCENTE, GRÁVIDA E BEBÊ MORREM EM GRAVE ACIDENTE NO DF

Últimas