Brasília Bolsonaro confirma viagem à Rússia na próxima segunda (14)

Bolsonaro confirma viagem à Rússia na próxima segunda (14)

Apesar da crise entre Rússia e Ucrânia, o presidente brasileiro quer manter o encontro com o presidente russo, Vladimir Putin

  • Brasília | Augusto Fernandes, do R7, em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro

Adriano Machado/Reuters - 02.02.2022

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (11) que vai manter a viagem oficial à Rússia, apesar dos recentes conflitos dos russos com a Ucrânia. De acordo com o chefe do Executivo, a ida a Moscou está prevista para a próxima segunda-feira (14).

"Devo estar com o [presidente da Rússia] Vladimir Putin na semana que vem. Está previsto decolar segunda-feira à noite", disse Bolsonaro a apoiadores, em frente ao Palácio da Alvorada.

A ida do presidente à Rússia é motivo de preocupação pelo risco de tropas militares russas invadirem o território ucraniano na próxima semana, visto que os dois países ameaçam iniciar uma guerra a qualquer momento.

Há muito tempo Rússia e Ucrânia se desentendem por motivos geopolíticos e econômicos. A crise mais recente tem entre seus pilares a aproximação da Ucrânia à Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), em busca de estreitar as relações com os países do Ocidente e obter maiores garantias de segurança. A Rússia teme esse movimento por entender que está sendo ameaçada pelo país vizinho.

Últimas