STF

Brasília Bolsonaro critica Rosa Weber por suspender orçamento secreto

Bolsonaro critica Rosa Weber por suspender orçamento secreto

Presidente disse que, no seu entendimento, algumas decisões atrapalham o 'bom andamento' dos poderes da República

  • Brasília | Maurício Ferro, do R7, em Brasília

Bolsonaro disse que há um 'excesso' de interferência do Judiciário no Executivo

Bolsonaro disse que há um 'excesso' de interferência do Judiciário no Executivo

Marcelo Camargo/Agência Brasil - 04.11.2021

O presidente Jair Bolsonaro criticou na manhã desta segunda-feira (8) a decisão da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), de suspender a execução das emendas do relator conhecidas como "orçamento secreto”. Na decisão, a magistrada atendeu ao pedido de dois partidos políticos que alegam que a verba está sendo repassada sem critérios claros e sem que seja realizada ampla publicidade. 

“É uma atrás da outra, né? A mesma Rosa Weber, há pouco tempo eu decidi zerar o imposto de importação de armas, ela achou que isso era injusto. Acho que é um excesso de interferência do Judiciário no Executivo. Há um excesso. O Supremo age demais nessas questões”, disse Bolsonaro em entrevista à Jovem Pan de Curitiba.

O presidente também disse que “lamenta” a decisão da ministra de suspender a execução das emendas. Bolsonaro falou que, na sua maneira de entender, algumas decisões “atrapalham” o bom andamento dos poderes.

“A gente lamenta isso aí. Não é, no meu entender, o papel do Supremo. Os Três Poderes têm que ser respeitados, mas eu acho que a decisão de alguns atrapalha o andamento da nação”, afirmou.

Últimas