Brasília Bolsonaro nega aumento nas taxas de compras importadas por app

Bolsonaro nega aumento nas taxas de compras importadas por app

Presidente afirmou que, para coibir irregularidades nesse tipo de transação, a saída é aumentar a fiscalização

  • Brasília | Do R7, em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro

Isac Nóbrega/PR - 13.5.2022

O presidente Jair Bolsonaro negou, neste sábado (21), que vá aumentar as taxas cobradas em compras importadas por meio de aplicativos e sites estrangeiros. Segundo o presidente, possíveis irregularidades nesse tipo de transação devem ser combatidas com fiscalização e não com aumento de impostos. 

"Não assinarei nenhuma MP para taxar compras por aplicativos como Shopee, AliExpress, Shein, etc.", assegurou o presidente, em publicação nas redes sociais. 

O presidente rebate a informação, que circulou nos bastidores, de que assinaria uma medida provisória para taxar todas as compras importadas feitas por meio de aplicativos. A mudança seria uma resposta à pressão de empresários brasileiros que se dizem prejudicados com a concorrência de sites estrangeiros. 

Atualmente, compras feitas por pessoas físicas com valor abaixo de US$ 50 ficam isentas de taxação. O presidente afirmou que não vai mudar a regra. 

Últimas