Brasília Bolsonaro pedirá celeridade para liberação das vias de Angra dos Reis

Bolsonaro pedirá celeridade para liberação das vias de Angra dos Reis

Informação foi divulgada pela prefeitura do município, atingido pelas fortes chuvas, que já deixaram ao menos oito mortos

  • Brasília | Plínio Aguiar, do R7, em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro

Alan Santos / PR

O presidente Jair Bolsonaro se comprometeu a pedir celeridade para a liberação das vias de Angra dos Reis (RJ), município fortemente atingido pelas chuvas, que causaram a morte de ao menos oito pessoas e o desaparecimento de outras sete.

A informação foi divulgada pela Prefeitura de Angra dos Reis após telefonema entre Bolsonaro, o governador do estado, Cláudio Castro (PL), e o prefeito do município, Fernando Jordão (MDB).

De acordo com o órgão, Bolsonaro deverá pedir celeridade nas ações da CCR, concessionária que administra a rodovia Rio-Santos, e do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

Mais cedo, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) advertiu que a rodovia Rio-Santos registrou nova queda de barreira provocada pelas chuvas e orientou motoristas a não trafegar pela via até que a situação estivesse controlada. A encosta é considerada instável em vários trechos, que estão sob risco de novos desabamentos.

As fortes chuvas dos últimos dias já deixaram ao menos 16 mortos em diferentes regiões do estado. Em Angra dos Reis, no litoral sul, foram confirmadas oito mortes, mas há relatos de outros sete moradores ainda desaparecidos.

Últimas