Brasília Butantan cancela reunião sobre o uso da CoronaVac em crianças

Butantan cancela reunião sobre o uso da CoronaVac em crianças

Na última reunião, a Anvisa avaliou que faltavam informações sobre o desempenho da vacina em menores de 17 anos

  • Brasília | Hellen Leite, do R7, em Brasília

Vacina só pode ser aplicada em maiores de 18 anos no Brasil

Vacina só pode ser aplicada em maiores de 18 anos no Brasil

Instituto Butantan/Divulgação

O Instituto Butantan cancelou a reunião que iria tratar dos estudos para o uso da CoronaVac em crianças com a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa). O encontro estava previsto para esta sexta-feira (19). Segundo nota divulgada pela agência, em breve uma nova data deve ser solicitada pelo Instituto Butantan.

Segundo a Anvisa, a reunião daria continuidade ao encontro realizado no dia 5 de novembro sobre a ampliação do uso da vacina adsorvida Covid-19 (inativada) para a população pediátrica no Brasil.

Na ocasião, os diretores da agência avaliaram que faltavam informações sobre o desempenho da vacina em menores de 17 anos.

Apesar disso, o Butantan argumenta que os resultados preliminares de ensaios clínicos de fase 3 — em curso na África do Sul, no Chile, na Malásia e nas Filipinas — comprovaram que o imunizante é seguro para crianças e adolescentes com idade entre 3 e 17 anos.

Até o momento, não há solicitação do Butantan para que a Anvisa analise a indicação da CoronaVac para menores de 18 anos.

Últimas